SINDFOGO assina proposta aprovada a bordo

 

Os sindicatos marítimos assinaram em 27/12/2018 o termo aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho do período 2017-2019 com a Transpetro. O documento atualiza salários e cláusulas econômicas para o segundo ano de vigência do ACT assinado em 2017.
A assinatura aconteceu na sede da Transpetro, no Centro do Rio de Janeiro-RJ. O presidente do SINDFOGO, Paulo Cezar Lindote, firmou o Acordo.

 

No apagar das luzes
O consenso surgiu no apagar das luzes de 2018, pois em reunião anterior, também no mês de dezembro, os sindicalistas rechaçaram prontamente a proposta econômica da empresa, que oferecia reposição salarial em índice abaixo do INPC.

 

Persistência
Dias depois, dentro do mês de dezembro, os sindicatos negociaram e conseguiram índice pleno correspondente ao INPC acumulado de 12 meses (4,56%), enquanto cláusulas com benefícios ganharam reajuste de 4,19%. A proposta foi levada a bordo, sendo aprovada pela maioria dos marítimos da Transpetro.